sexta-feira, 18 de junho de 2010

Adeus, Saramago!

Eu não poderia deixar de comentar algo, nesta sexta-feira, quando os jornais nacionais e internacionais estão comentando, há horas, a perda de Saramago - do alto de seus 87 anos. Sábio, ateu, austero e polêmico, seu livro "O evangelho segundo Jesus Cristo" foi uma leitura que marcou profundamente o meu espírito! De que forma o livro me deixou impressões, prefiro não comentar aqui... Embora os jornais façam referência à morte do autor de "Ensaio sobre a cegueira", no meu entender, esse não é superior ao "Evangelho...". Desceste de teus píncaros, aos 80 anos, quando rompeste com Fidel e o 'socialismo' da ilha! Finalmente, te curaste da tua cegueira!!!!
Para terminar, uma pérola que encontrei em um blog hoje: "É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte; ausência de censura e consumismo burguês. Trata-se dos filhos de Marx, numa transa adúltera com a Coca-Cola...” (Roberto Campos apud Rodrigo Constantino). Os dogmáticos, ontem, tiveram os seus "15 minutos" de sucesso na mídia!

3 comentários:

  1. Professora (ou "pro" como o pessoal gosta de chamar), assim que cheguei em casa vim direto ao pc procurar o teu blog. Parabéns! Muito boas tuas postagens, pricipalmente essa lamentando a morte do Saramago, grande ateu que, como ninguém, sabia criticar o cínico "pai das almas"...

    Grande abraço e até a próxima terça.

    ResponderExcluir
  2. Iuri, obrigada! Que massa que tu entraste no meu blog. Tu és um cara muito inteligente, tu e o João. É um prazer conversar com vocês! Abração e até a próxima terça!

    ResponderExcluir
  3. Sobre Saramago, lamentável, e também, inevitável. Sobre nossos esquerdistas que ficam ricos com o dinheiro do governo.. bem.. melhor nem comentar. Bjão

    ResponderExcluir