quarta-feira, 24 de novembro de 2010

NEONAZISTAS DE SANTA CRUZ DO SUL PLANEJANDO ATAQUE!

Pessoal, li esta matéria do Jornal do Brasil hoje cedo, dia 24.11:

"Um grupo de defesa dos direitos dos travestis no Rio Grande do Sul recebeu, na segunda-feira, ameaças por telefone de um suposto neonazista, que disse preparar uma ação na 14ª Parada Livre, evento marcado para o próximo domingo no Parque da Redenção, em Porto Alegre. As informações são do jornal Zero Hora. De acordo com o jornal, o interlocutor procurou por Marcelly Malta, presidente do Igualdade - Associação de Travestis e Transexuais do Rio Grande do Sul e organizadora da Parada Livre, e afirmou que neonazistas de Santa Cruz do Sul, município do interior gaúcho, estavam se organizando para o evento. 'Vocês já se aprontem para domingo', teria dito o homem. Em edição anterior da Parada Livre, cartazes que pregavam a morte de homossexuais foram afixados no bairro Bom Fim, onde ocorre a passeata (...)".

Que coisa! Isso saiu em um jornal nacional, de matriz carioca, de respeito! Moro e trabalho em Santa Cruz do Sul. Na medida em que já fui Presidente do Movimento de Direitos Humanos da cidade e ativista da Anistia Internacional, durante dez anos, fico totalmente chocada com esse tipo de matéria e de repercussão!

Aguardo comentários neste blog! Abraço a todos!


3 comentários:

  1. Nossa que absurdo!!!!
    Não da pra acreditar que ainda tenhamos esse tipo de comportamento, nossa que vergonha!!
    Sou totalmente contra gente preconceituosa, principalmente pessoas que querem fazer o mal, simplesmente por preconceito...nossa é o fim!!
    Gostei muito do seu post Rô, vc como sempre me surpreendendo!!
    Todos contra o preconceito....liberdade de expressa pelo amor de deus!!
    Beijo
    Luci

    ResponderExcluir
  2. Rosana! Fui tua aluna uns semestres atrás e adoro vir aqui.
    Parabéns pelo blog.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. É um absurdo que ainda tenhamos que conviver com tal falta de consciências e ignorância.
    Se todos cultivassem o amor sem barreiras ou fronteiras, assim como se diz e se prega - "amar ao próximo" - seriamos seres mais evoluídos e conscientes, que são capazes que entender as pessoas, seu interior, sua energia e seu valor, e não dar peso, medida ou rotulo pelo que um gosta e outro não!

    Sinto me prisioneiro pois se não são ladrões que nos cercam em plena rua, são grupos radicais que aterrorizam a sociedade que tenta se libertar do "status quo".

    Bjo Rô.

    ResponderExcluir