segunda-feira, 21 de novembro de 2011

200 ANOS DO SUICÍDIO DE VON KLEIST

No Brasil, quase que passou em branco, mas na Alemanha, desde fevereiro, quando estive lá, os alemães já celebravam a efeméride dos dois séculos de morte de Heinrich von Kleist. O poeta e dramaturgo, bem como sua amada, suicidaram-se às margens do Lago Kleiner Wannsee, pertinho de Berlin.
Há, em toda a Alemanha, montagens e leituras de peças teatrais de Kleist, que constituem as comemorações do bicentenário de morte do dramaturgo.
Recomendo aos meus alunos a leitura do texto "Teatro de marionetes".
No sábado, outra efeméride: 100 anos de morte de Paul Lafargue e sua esposa, filha de Marx, Laura. Aguardem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário