sábado, 31 de março de 2012

A COMUNIDADE JUDAICA RECLAMA...

Li no Estadão que a comunidade judaica carioca, através da Federação Israelita do RJ, também se manifestou publicamente em função do uso da estrela de Davi no show de Waters.
O show realmente é fantástico! Os dois álbuns são executados com um intervalo de 25 minutos para o público, entre um e outro. Todavia, as imagens são muito misturadas e a estrela de Davi, a concha da Shell e outros ícones, que indicam a existência das grandes multinacionais no mercado capitalista, aparecem todas no mesmo 'saco' - e isso confunde os menos avisados.

2 comentários:

  1. Olá Rosana !

    Obrigado pelo comentário lá no blog ! Qual é a data do evento ? Se for possível comparecerei (certamente deve ser interessante, mas o trabalho, alguns escritos e um provável início de MBA devem consumir horrores do meu tempo :O).

    Quanto este seu post (não li o sobre o The Wall pois vou escrever sobre o show também lá no blog), devo dizer que a ideia do Roger Waters deve ter sido esta mesma, mostrar que todos aqueles símbolos estão ligados ao derramamento de sangue (a parte em que os símbolos vão caindo como bombas e 'lotando o muro de sangue'). Mas, diga-se de passagem, o The Wall é tão genial que é uma ironia sobre si mesmo. Enquanto ele picha o muro ironicamente com a frase 'Enjoy Capitalism' as camisetas da turnê são vendidos a preços bem capitalistas ali pertinho do muro... Sem falar no fato da música Another Brick in the Wall pt. II ser por si só mais um tijolo no muro entre a banda e os fãs, pois muitos amavam as longas músicas complexas e não pop que eles faziam até o CD anterior, o Animals. Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Josué! Que bom que respondeste. Não pretendo que vás ao evento sobre Ética e Ética Aplicada, na UFSM, tampouco ouvir o meu trabalho, mas a ideia inicial era de tomarmos um vinho, após as conferências da noite, em uma das noites. Estarei aí de segunda, dia 18 de junho, a quinta à tarde, dia 21.
      Quanto ao show do Waters, não concordo contigo. penso que a produção brasileira do show misturou, sem critérios, a concha da Shell e a estrela de Davi no corpo do "javali" (deveria ser um corpo doméstico, né?). O Waters deu uma coletiva no RJ e se pronunciou pela retirada das forças israelenses da Faixa de Gaza. Portanto, ele se posicionou, politicamente. Daí, az sentido a estrela ter sido usada da forma como foi. Por isso, a comunidade judaica, com quem tenho uma interlocução há muitos anos, abriu a boca.
      Aguardo retorno. Estive há duas semanas com a Aninha e o Fá. Tens de vir conhecer o apto novo deles. Muito massa!

      Excluir