quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

GRAVURAS DE GOELDI NO ACERVO DA PINACOTECA DO ESTADO DE SP- 4ª PARTE

Fui conferir a coleção de 56 gravuras de Oswald Goeldi (1895-1961) incorporadas ao acervo da Pinacoteca de São Paulo, no domingo lá pelas 17h, depois de sair do MASP. É a primeira vez que a Pinacoteca apresenta esse conjunto de gravuras de Goeldi. Por isso, eu não poderia deixar de visitar a mostra.  Várias impressões póstumas das matrizes, que sobreviveram ao artista, puderam ser feitas, autorizadas pelos depositários do legado do artista. Aí reside o problema de não ser possível sistematizar sua obra gráfica, além do fato de que Goeldi não datava nunca suas cópias. A gravuras mais escuras são belas, mas há um fascínio singular no modo como o gravador usou a cor em suas ilustrações, como, por exemplo, para a obra de Raul Bopp,"Cobra Norato". Goeldi também ilustrou, além de obras de Graça Aranha e Jorge Amado, três títulos de Dostoiésvski ("Recordações da casa dos mortos", "O idiota" e "Humilhados e ofendidos"), todos publicados pela José Olympio. Muito linda a exposição com a curadoria de Carlos Martins!

Nenhum comentário:

Postar um comentário